Pesquisar este blog

sexta-feira, novembro 10, 2006

sereia

Há uma certa apreensão no ar
Tudo vai muito estranho
As pessoas parecem sumir
De repente, todo o mundo é tímido
Ninguém diz nada

Tudo está calado

E só eu assoviando

Nessas horas entendo as sereias!

– Venha!